Transporte

De competência do município, esta é uma das principais lacunas do serviço público com grandes insatisfações da população cataguasense: há buracos, ondulações nas pistas e pedras soltas. Obras de saneamento são constantes, gerando incômodos, e não há fiscalização dos órgãos competentes. Em horários de pico, há engarrafamentos, ocasionado pelo aumento da frota, ausência de sinalização semafórica e de policiamento de trânsito e falta de conclusão de passagens como a BR 116, que serviria como alternativa de mudança de fluxo.

Ruas

Em relação ao transporte público, não houve processo de concessão para escolha das empresas. Há poucas linhas (nos finais de semana diminuem ainda mais), não cumprimento do quadro de horários, ônibus velhos, passagem com valor alto, o que pode ser atribuído ao número elevado de pessoas que utilizam a gratuidade. Mesmo assim, a questão do trânsito na cidade não é considerada prioritária.

Necessidades apontadas na pesquisa
  • Captação de recursos para finalização de novo acesso à cidade de Cataguases (estrada da EMPA), viabilizando o acesso à BR 116.
  • Realização de um processo de concessão para regulamentar o serviço de transporte público.
  • Melhor qualidade e atendimento do transporte público.
  • Buscar financiamento no Programa de Infraestrutura para Mobilidade Urbana – ProMob.
  • Buscar Parcerias Público-Privadas (PPP).
  • Reavaliar o Plano Diretor participativo do município.

    Para acessar o material sobre Transporte, clique aqui.

    E se quiser conhecer o material completo da Fundação Dom Cabral, acesse aqui.